Falar no Chat (+351) 308 804 997
(+55) 11 49 33 77 11
Equipa de suporte ao paciente: Seg. à Sex. das 09h às 18h
  • Serviço privado e confidencial Embalagem discreta e pagamento confidencial
  • Apenas medicamentos originais Medicamentos enviados da nossa farmácia registada no Reino Unido
  • Tudo incluído no preçoConsulta médica, prescrição e entrega em 24h
  • Entrega em 24 horas

Hormonas sexuais femininas

As hormonas sexuais desempenham um papel importante no corpo da mulher. Este tipo de substâncias são produzidos nas gônadas e são fundamentais para o desenvolvimento dos órgãos sexuais, bem como para a função sexual e reprodutiva.

As principais hormonas sexuais femininas são os estrogénios e a progesterona. O conhecimento da sua influência e do seu efeito é essencial, especialmente quando se procura tratamento hormonal de substituição, para: regularidade do ciclo menstrual, fertilidade ou menopausa.

Corpo feminino e efeito das hormonas sexuais

Os ovários são o berço das hormonas sexuais femininas. No entanto, muitas vezes é ignorado o facto de que todo o sistema hormonal da mulher, incluindo os diferentes processos do seu ciclo reprodutivo, é responsabilidade directa do cérebro.

É a partir do cérebro que são enviados os precursores de hormonas e é a partir deles que finalmente são produzidas as hormonas propriamente ditas. Estes precursores hormonais incluem a hormona luteinizante (LH) e a hormona folículo-estimulante (FSH).

O que acontece na realidade é que o hipotálamo liberta gonadotrofina (GnRH), uma hormona dipeptídica que provoca, subsequentemente, a produção de LH e FSH. Estas substâncias atuam na estimulação das gônadas sexuais, que no caso das mulheres, são os ovários.

hormonas sexuais femininas

Influência hormonal para a mulher

As diversas hormonas sexuais da mulher têm uma implicação significativa na sua saúde e bem-estar físico e emocional. Além disso, o seu papel na fertilidade é fundamental. No entanto, as funções das hormonas sexuais são diversas. O estrogénio, por exemplo, é essencial no desenvolvimento dos órgãos e características sexuais femininas durante a puberdade.

A influência hormonal afeta também outros aspetos da saúde feminina como os depósitos de gordura subcutânea que marcam os contornos típicos do corpo da mulher. Estas substâncias são também essenciais no crescimento do cabelo, metabolismo lipídico e até na aparência da pele.

Hormonas sexuais femininas em resumo

As hormonas femininas (estrogénio, progesterona, testosterona, GnRH, LH e FSH) desempenham um papel único na vida de uma mulher.

Hormona Local de produção Efeito
Estrogénios Folículo
  • Crescimento dos órgãos sexuais,
  • Formação de características sexuais secundárias
  • Baseia-se no endométrio
Progesterona Folículo após a ovulação (fase lútea)
  • Inibir a ovulação
  • Promover a formação de hormonas
  • Formação de glandulas mamárias
Testosterona Ovários/Córtex adrenal
  • Controle da líbido
GnRH Hipotálamo
  • Estimulação da hipófise para formação de LH e FSH
FSH Hipófise
  • Estimulação dos folículos
  • Promove a produção de estrogénio
LH Hipófise
  • Hormona de controle do ciclo feminino
  • Desencadeia a ovulação
  • Estimula o corpo lúteo

Estrogénios

No organismo feminino são formados três estrogênios naturais diferentes: a estrona, estriol e estradiol. A sua formação ocorre fundamentalmente no folículo, permitindo o fornecimento de substâncias ricas em nutrientes que promovem o crescimento do mesmo.

Quaisquer outros locais de origem dos estrogénios desempenham um papel subordinado e só entram em ação se a mulher apresentar algum quadro patológico.

A estrona foi isolada pela primeira vez na sua forma cristalina em 1929.

Os estrogénios são formados a partir de substâncias precursoras (andrógenos tais como a testosterona ou androstanodiona), que pertencem ao grupo das hormonas masculinas. A conversão destas hormonas em estrogénios ocorre directamente no folículo.

No organismo feminino em idade fértil há uma produção diária de estrogénio de 25 a 100 microgramas. No início da menopausa estes números decrescem para cerca de 5 a 10 microgramas.

A principal tarefa dos estrogénios é promover o crescimento dos órgãos sexuais femininos. Além disso, eles estimulam a formação das características sexuais secundárias. Durante o ciclo menstrual, os estrogénios permitem a construção do revestimento do útero que, assim, permite a implantação de um óvulo fertilizado. Outra tarefa importante é parar o crescimento da mulher, em altura, até o final da puberdade.

Em relação à vida sexual feminina, os estrogênios desempenham um papel secundário. Contudo, estas hormonas afectam o bem-estar psicológico e emocional de forma directa.

Progesterona

A progesterona desempenha diferentes papéis no organismo feminino. Ela é produzida no ovário. O folículo (bolsa de líquido onde se encontra o óvulo) produz estrogénio. No entanto, a partir do momento que o óvulo é libertado, o folículo transforma-se em corpo lúteo e é nesse momento que se inicia a produção de progesterona que irá ter um papel fundamental no decurso da gravidez e amamentação. A partir de metade da gravidez a progesterona passa a ser produzida na placenta.

Esta hormona tem um papel importante na inibição da menstruação, secreção de outras hormonas na glândula pituitária e na formação de seios femininos.

Além disso, os progestogénos têm um efeito catabólico, o que permite que o corpo responda adequadamente a uma carga física.

Testosterona

A hormona sexual testosterona pertence ao grupo dos androgénos. Ela ocorre em diferentes formas e tem diferentes modos de ação em homens e mulheres. No organismo feminino, a testosterona tem várias funções importantes: o crescimento em geral, formação dos pêlos do corpo e está diretamente relacionada com a líbido (sensação de desejo sexual).

Em resumo, a testosterona androgénica é responsável por controlar a preservação e o desenvolvimento de características sexuais secundárias de natureza masculina.

GnRH

A hormona libertadora de gonadotropina (GnRH) é libertada pelo hipotálamo a cada 60 a 120 minutos de forma rítmica e pulsátil. O hipotálamo é uma parte do cérebro médio, que atua, em outras funções, como um centro de regulação de temperatura corporal e comportamento sexual.

glândulas hormonais do corpo feminino

A GnRH é responsável pela formação da hormona luteinizante (LH) e hormona folículo-estimulante (FSH). É considerada um precursor hormonal. Graças à GnRH, as hormonas sexuais são libertadas a partir do lóbulo anterior da glândula pituitária.

Clinicamente, a existência desta hormona nunca é determinado directamente, uma vez que não é de importância clínica direta e o seu efeito é principalmente estimulante.

FSH

A hormona FSH é sintetizado directamente no lóbulo anterior da glândula pituitária (hipófise).

No homem a FSH influencia a sua fertilidade. No corpo feminino permite a produção de óvulos nos ovários. Desta forma, o controlo do ciclo menstrual é significativamente influenciado pela FSH, bem como a produção de estrogénio nos folículos.

LH

A LH é encontrado no corpo feminino e masculino, sendo formada directamente na pituitária anterior.

Nas mulheres, esta hormona, é responsável pela gestão sustentável da função ovariana, cooperando com outras hormonas sexuais femininas que, em conjunto, controlam o ciclo menstrual.

Uma das suas tarefas mais importantes é para induzir a ovulação nos ovários. Então a LH promove significativamente a produção da hormona luteal e a formação de estrogénios.

Fontes:

    1. Female sex hormones. DGTI eV (2016) - URL: dgti.org
    2. The reign of hormones and the construction of gender differences , Instituto Scielo (2008) URL: scielo.br
    3. Aspectos fisiológicos, cognitivos e psicossociais da senescência sexual , Portal Ciências e Cognição (2014) - URL: cienciasecognicao.org



Publicado em 23 de Novembro de 2016.
Seleccione
Medicamento
Preencha o formulário
O médico emite a sua prescrição
Entrega em 24h