Blog sobre saúde e bem estar da 121Doc Tudo pela sua saúde

Junte-se a nós e aprenda a:

  • Fazer escolhas saudáveis;
  • Perder peso e ter mais energia;
  • Prevenir doenças Crônicas e mortais.
Junte-se á comunidade da 121doc

Professor Stephen Hawking, cientista britânico, morre aos 76 anos

Inserido em Saúde em Geral 14 Mar, 2018

Cientistas, políticos, celebridades e o mundo se uniram hoje para lamentar a morte do professor Stephen Hawking, uma das maiores mentes científicas do mundo.

O professor, com 76 anos, morreu pacificamente em casa em Cambridge nas primeiras horas da quarta-feira, anunciou sua família.

Apesar de ser diagnosticado com uma forma rara de doença do neurônio motor aos 22 anos de idade, o Prof. Hawking passou a se tornar um físico de renome mundial e um dos cientistas mais famosos da história moderna.

Após as notícias de sua morte, tributos foram espalhados em todos os cantos do mundo, pessoas louvando Professor Hawking como uma "inspiração" para gerações passadas, presentes e futuras.

Stephen Hawking, um ícone

O cientista Stephen Hawking é conhecido por seu trabalho inovador com buracos negros no espaço e relatividade, além disso é o autor de vários livros de ciência populares, incluindo "Uma breve história do tempo".

buraco

Stephen Hawking (nascido em 8 de janeiro de 1942) é um cientista, professor e autor britânico que fez um trabalho inovador em física e cosmologia e cujos livros ajudaram a tornar a ciência acessível a todos. Aos 21 anos, enquanto estudava cosmologia na Universidade de Cambridge, ele foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica (ALS). Parte da história de sua vida foi retratada no filme de 2014 The Theory of Everything ou em português "A teoria de tudo".

Stephen Hawking também foi um ícone cultural e avaliou os maiores mistérios do cosmos sem deixar de também aparecer em alguns dos maiores programas de TV do mundo, incluindo Os Simpsons, Comic Relief Originals, The Big Bang Theory (Big Bang, a teoria) e Futurama (Temos certeza que Sheldon vai fazer a sua remarca ao professor na próxima temporada de Big Bang).

Isso foi apesar do físico teórico britânico se comunicar verbalmente apenas por uma máquina depois de viver com doença do neurônio motor desde 1963.

Ele era famoso por seu senso de humor, e o distinto cientista da Nova Zelândia, o Professor Roy Kerr, menciona que vai sentir falta disso na ciência "incrível força de espírito e caráter" com um "senso de humor peculiar".

O que é a esclerose lateral amiotrófica?

als

A esclerose lateral amiotrófica (ALS) é um grupo de doenças neurológicas raras que envolvem principalmente as células nervosas (neurônios) responsáveis ​​pelo controle do movimento muscular voluntário. Os músculos voluntários produzem movimentos como mastigar, caminhar e falar. A doença é progressiva, o que significa que os sintomas pioram ao longo do tempo. Atualmente, não há cura para ALS e nenhum tratamento efetivo para parar ou reverter a progressão da doença.

Se a ALS é um nome novo para você, temos certeza que a campanha do balde de gelo vai sem dúvida ajudá-lo a lembrar dessa doença. Essa campanha foi viral em 2014 para ajudar a concientização e progresso no tratamento da ALS.

ALS pertence a um grupo mais amplo de distúrbios conhecidos como doenças do neurônio motor, que são causadas por deterioração gradual (degeneração) e morte de neurônios motores. Os neurônios motores são células nervosas que se estendem do cérebro à medula espinhal e aos músculos em todo o corpo. Estes neurônios motores iniciam e fornecem ligações vitais de comunicação entre o cérebro e os músculos voluntários.

As mensagens dos neurônios motores no cérebro (chamadas neurônios motores superiores) são transmitidas aos neurônios motores da medula espinhal e aos núcleos motores do cérebro (chamados neurônios motores inferiores) e da medula espinhal e dos núcleos motores do cérebro a um músculo ou músculo específico .

Na ALS, tanto os neurônios motores superiores como os neurônios motores inferiores degeneram ou morrem e param de enviar mensagens aos músculos. Incapaz de funcionar, os músculos gradualmente enfraquecem, começam a contrair (chamados de fasciculações), e desperdiçam (atrofia). Eventualmente, o cérebro perde sua capacidade de iniciar e controlar movimentos voluntários.

Os primeiros sintomas de ALS geralmente incluem fraqueza muscular ou rigidez. Gradualmente, todos os músculos sob controle voluntário são afetados e os indivíduos perdem a força e a capacidade de falar, comer, mover e até respirar.

A maioria das pessoas com ALS morre por insuficiência respiratória, geralmente dentro de 3 a 5 anos a partir de quando os sintomas aparecem pela primeira vez. No entanto, cerca de 10% das pessoas com ALS sobrevivem por 10 ou mais anos.

Principais referências sobre saúde utilizadas pela 121doc:

A 121doc é especializada em cuidados de saúde on-line, permitindo que consulte um médico online e, quando relevante, compre tratamento online de forma segura. Nosso serviço oferece consulta médica online gratuita e entrega no dia seguinte para a maioria dos destinos. Conheça os tratamentos oferecidos.

Saiba mais
Deixe o seu comentário
  • O seu nome:*
  • O seu email:
  • O seu comentário:*
Amou esse artigo?

Deixe seu email e receba nossa newsletter com as melhores dicas para melhorar a sua saúde, conteúdo inspirativo e ofertas.

Continue lendo
Nos siga nas redes

A 121doc é especializada em cuidados de saúde on-line, permitindo que consulte um médico online e, quando relevante, compre tratamento online de forma segura. Nosso serviço oferece consulta médica online gratuita e entrega no dia seguinte para a maioria dos destinos. Conheça os tratamentos oferecidos.

Saiba mais
Descrubra mais artigos
Medico explica
No vídeo de hoje o Dr. Flavio Messina, médico parceiro da 121doc explica... Continue lendo
Medico explica
No vídeo de hoje o Dr. Flavio Messina, médico parceiro da 121doc explica os... Continue lendo
Medico explica
No vídeo de hoje o Dr. Flavio Messina, médico parceiro da 121doc explica... Continue lendo