Falar no Chat (+351) 308 804 997
(+55) 11 49 33 77 11
Equipa de suporte ao paciente: Seg. à Sex. das 09h às 18h
  • Serviço privado e confidencial Embalagem discreta e pagamento confidencial
  • Apenas medicamentos originais Medicamentos enviados da nossa farmácia registada no Reino Unido
  • Tudo incluído no preçoConsulta médica, prescrição e entrega em 24h
  • Entrega em 24 horas

Pé de atleta

O pé de atleta, também conhecido como tinea pedis, é uma infecção fúngica comum que afecta a pele dos dedos e a planta dos pés. As pessoas mais vulneráveis são as que usam sapatos pouco respiráveis durante um longo período de tempo e praticam desportos, daí o nome desta infecção.

O tratamento do pé-de-atleta é possível com o uso de cremes antifúngicos.

Sintomas do pé-de-atleta

A primeira área a ser normalmente afectada pela infecção é o espaço entre os dedos, apresentando-se com uma comichão intensa, descamação e formação de cutículas. Podem formar-se fissuras dolorosas. Quando deixada sem tratamento, a infecção pode disseminar-se para outras partes do pé, tal como a planta do pé ou as unhas. Por este motivo, deve tratar-se o pé-de-atleta aquando dos primeiros sintomas.

Tratamentos para o pé-de-atleta

  • Medicamentos de aplicação tópica

    Para o tratamento do pé de atleta deve ser aplicado um creme antifúngico com terbinafina (Lamisil Creme).

    Dose: Aplicar uma camada fina de Lamisil creme sobre a infecção e a área circundante, 2 vezes por dia, durante 7 dias.

  • Medicamentos por via oral

    Se a infecção não é apenas nos dedos ou se o tratamento com o creme não foi eficaz, o médico pode recomendar-lhe o tratamento com Lamisil comprimidos.

    Dose: Tome um comprimido de Lamisil 250mg uma vez por dia durante 2 semanas.

O que causa o pé-de-atleta?

Os fungos que causam o pé-de-atleta são contagiosos, o que significa que é uma infecção que se contrai a partir do exterior. Por exemplo, pode acontecer na piscina ou ginásio, quando uma pequena partícula de pele infectada pode ser removida durante o banho e depositada sobre o solo. Os esporos do fungo podem, portanto, entrar em contacto com os pés de outras pessoas. Na grande maioria dos casos, estes esporos não causam quaisquer problemas, mas se a situação se tornar favorável, podem proliferar e levar à infecção. Os fungos que causam o pé-de-atleta preferem sítios quentes, húmidos e mal ventilados, sendo por isso que o espaço entre os dedos dos pés é favorável para o desenvolvimento da infecção. Não é incomum que os fungos causadores do pé-de-atleta infectem as unhas dos pés, uma infecção conhecida como onicomicose, cujo tratamento é mais difícil e mais demorado.

Comportamento preventivo

Para evitar o pé-de-atleta é fundamental que siga algumas medidas de prevenção de forma a reduzir as probabilidades do contágio pelo fungo responsável pela infecção:

  • Evite ao máximo coçar as áreas afectadas pelo pé-de-atleta.
  • Lave os pés uma vez por dia e seque com cuidado entre os dedos antes de calçar meias ou sapatos
  • Não partilhe com outras pessoas as suas toalhas
  • Mude de meias todos os dias
  • Use meias de algodão e sapatos de couro ou de outro material respirável
  • Alterne o calçado a cada 2-3 dias
  • Use chinelos em chuveiros públicos ou balneários

Seleccione
Medicamento
Preencha o formulário
O médico emite a sua prescrição
Entrega em 24h