(+351) 308 804 997 Falar no Chat
Equipa de suporte ao paciente disponível: Seg. à Sex. das 09:00h às 21:00h
Blog sobre saúde e bem estar da 121Doc Tudo pela sua saúde

Junte-se a nós e aprenda a:

  • Fazer escolhas saudáveis;
  • Perder peso e ter mais energia;
  • Prevenir doenças Crônicas e mortais.
Junte-se á comunidade da 121doc

Sinais que o corpo dá semanas antes de um infarto

Inserido em Saúde em Geral 09 Sep, 2017

O infarto e os problemas cardíacos são os principais responsáveis por um grande número de mortes todos os anos no mundo todo. Somente no Brasil, a cada ano acontecem mais de 300 mil casos, 80 mil dos quais provocam a morte, ou seja, o infarto, no Brasil, causa uma morte a cada 5 minutos, de acordo com os dados do Ministério da Saúde.

Nos Estados Unidos, o número de ataques cardíacos chega a quase 800 mil a cada ano.

O infarto ocorre quando há qualquer empecilho físico para que o oxigênio chegue a alguma parte do coração. Sem oxigênio por determinando tempo, a área afetada perde suas funções e o coração deixa de bater.

Quando nos referimos a infarto, logo nos lembramos de pessoas acima da terceira idade ou mais idosas, além de pessoas mais nervosas ou obesas, diabéticas ou sedentárias, além de fumantes, obviamente.

Essa condição, no entanto, vem mudando nos últimos anos. Os casos de infarto entre jovens vêm crescendo de forma assustadora, de acordo com as informações do Ministério da Saúde. Mais do que somente casos de infarto, doenças do coração vêm atingindo cada vez mais até mesmo adolescentes.

São diversas as causas para que esses números venham crescendo dessa forma alarmante, desde histórico familiar, hábitos não saudáveis de alimentação, falta de cuidados preventivos, uso de fumo e de drogas ilícitas (principalmente crack e cocaína). De acordo com especialistas médicos, o risco de um infarto em usuários de drogas chega a ser até 24 vezes maior.

Fatores de risco para o infarto

Entre os fatores de risco para o infarto, o histórico familiar tem papel preponderante. Se a pessoa tem casos de infarto na família, principalmente dos progenitores, corre grande risco de também sofrer problemas cardíacos que levem ao infarto, especialmente quando o pai apresentou esse problema antes dos 50 anos e a mãe antes dos 65. É preciso ainda considerar a existência de outros tipos de problemas cardíacos, como hipertensão, diabetes ou arteriosclerose.

Além dos problemas cardíacos, doenças prévias e maus hábitos também podem agravar o risco de infarto, como hipertensão, colesterol alto, obesidade, depressão, tabagismo e diabetes. Em alguns casos mais agudos, o estresse emocional, o fumo, o uso de cocaína ou um clima mais frio, podem levar à contração da artéria coronária, provocando o infarto.

Para evitar ser pego de surpresa por um infarto, o indivíduo deve tomar alguns cuidados, como fazer checkups anuais, verificando suas condições de saúde para afastar qualquer possibilidade de infarto. Caso a pessoa esteja em algum grupo de risco, é preciso também prestar atenção nos sinais dados pelo corpo de que o coração está dando sinais de um infarto.

Situações como cansaço extremo, sem uma causa aparente, náuseas, tonturas e vertigens, perda de apetite, vômitos, desmaios, desconforto no peito, fraqueza, dores nos braços, costas e ombros, dores de estômago e problemas de insônia podem ser sinais que o corpo está fornecendo sobre a iminência de um infarto.

Vale lembrar que é preciso ter pelo menos seis dos sinais que apresentamos para que haja suspeita de um infarto. Havendo sintomas isolados, na maior parte das vezes, são provocados por outros problemas, que, mesmo devendo ser analisados, não devem ser considerados motivos de alarme para um infarto.

Contudo, é bom atentar para o fato de que, mesmo não estando em qualquer grupo de risco, qualquer pessoa deve procurar um estilo de vida mais saudável para evitar não somente problemas cardíacos, mas também outras doenças.

Desta forma, é necessário cultivar bons hábitos, como alimentação equilibrada, com muitos vegetais, legumes, frutas, verduras, cereais e proteínas na quantidade certa, fazer exercícios físicos regularmente e evitar situações mais estressantes que, no caso de pessoas integrantes de grupos de risco, favorecem ainda mais o infarto.

Havendo condições, é necessário ainda buscar atividades mais prazerosas, mantendo contato com pessoas amigas e familiares, ter mais horas de descanso e lazer, além de noites reconfortantes de sono para conseguir uma vida mais longa e saudável.

A seguir, você vai acompanhar os principais sinais que o corpo apresenta até mesmo semanas antes de um infarto:

Desconforto no peito

batidas-cardiacas

O desconforto no peito é um dos sinais mais claros de um infarto iminente, podendo ocorrer de diferentes formas. Existem pessoas que sentem pressão no peito, enquanto outras experimentam ardor ou uma sensação de beliscar. Os sintomas podem ocorrer quando em movimento ou mesmo em repouso.

Ao sentir desconforto no peito, a pessoa deve entrar imediatamente em contato com um médico, procurando fazer uma análise. No entanto, vale lembrar que, mesmo sem esse desconforto, outros sinais podem caracterizar a possibilidade de infarto.

Cansaço sem causa aparente

cansaco

Sentir-se cansado sem causa aparente e sem motivo pode ser um sinal de um infarto iminente. Nessa situação, o coração precisa trabalhar mais, quando as artérias começam a se fechar, e mesmo tarefas simples se tornam cansativas.

Essa condição faz com que a pessoa durma mais tempo durante a noite ou faz com que tenha necessidade de períodos de descanso durante o dia.

Sintomas de constipação

Os sintomas de constipação mais duradouras, que parecem não terminar, também podem ser um sinal de problemas cardíacos. Enquanto o coração está lutando para fornecer sangue a todo o organismo, o sangue pode retornar para dentro dos pulmões.

Uma pessoa que apresente constipação frequente deve verificar se está apresentando muco branco ou rosa na tosse, que pode ser um subproduto de vazamento de sangue.

Inchaço no corpo

Enquanto o coração está se esforçando para bombear o sangue, as veias podem começar a inchar, provocando efeitos visíveis pelo corpo. Os principais pontos de inchaço são os pés, tornozelos e pernas, já que são os locais mais distantes do coração.

Em algumas pessoas pode ocorrer a cianose periférica, uma coloração azul nas bordas e extremidades dos inchaços.

Tontura

Quando o coração não consegue manter a circulação de sangue suficiente, o cérebro pode não receber a quantidade de oxigênio necessária para seu funcionamento. Essa condição faz com que uma pessoa se sinta constantemente com tonturas, sendo este um fator bastante importante para sinal de um infarto, devendo procurar o médico de imediato.

Falta de ar

falta-de-ar

A falta de ar é um dos sinais de um iminente infarto. Como o coração e os pulmões trabalham em conjunto, sempre que o coração começa a apresentar mau funcionamento, os pulmões não recebem a quantidade de oxigênio necessária.

Essa condição orgânica vai provocar dificuldades na respiração, devendo ser tratada imediatamente.

Para encerrar, devemos lembrar que todos os sintomas de um infarto podem ocorrer com antecedência de até um mês, devendo a pessoa procurar seu médico sempre que algum deles se manifestar.

Blog Doctor

A 121doc é especializada em cuidados de saúde on-line, permitindo que consulte um médico online e, quando relevante, compre tratamento online de forma segura. Nosso serviço oferece consulta médica online gratuita e entrega no dia seguinte para a maioria dos destinos. Conheça os tratamentos oferecidos.

Saiba mais
Deixe o seu comentário
  • O seu nome:*
  • O seu email:
  • O seu comentário:*
Amou esse artigo?

Deixe seu email e receba nossa newsletter com as melhores dicas para melhorar a sua saúde, conteúdo inspirativo e ofertas.

Continue lendo
Nos siga nas redes
Blog Doctor

A 121doc é especializada em cuidados de saúde on-line, permitindo que consulte um médico online e, quando relevante, compre tratamento online de forma segura. Nosso serviço oferece consulta médica online gratuita e entrega no dia seguinte para a maioria dos destinos. Conheça os tratamentos oferecidos.

Saiba mais
Descrubra mais artigos
Demi Lovato
Você sempre vai se lembrar da sua primeira vez", diz Demi Lovato, vestindo... Continue lendo
Arnold Schwarzenegger
A depressão é uma doença que atinge milhões de pessoas em todo o mundo,... Continue lendo
Avicii apresentacao
Onde quer que a festa esteja acontecendo, as luzes estarão piscando e os... Continue lendo