• Serviço privado e confidencialEmbalagem discreta e pagamento confidencial.
  • Medicamentos Originais da nossa farmácia sediada no Reino Unido
  • Serviço incluído no preço e parcelamento Consulta, prescrição e entrega no país todo
  • Entrega expresso para qualquer local de residência.
Início / Obesidade / Grupo de apoio para o tratamento da obesidade

Grupo de apoio para o tratamento da obesidade

A obesidade é um dos grandes problemas de saúde provocados pela vida moderna, envolvendo não apenas a genética, mas também o estilo de vida e, muitas vezes, situações que envolvem a forma como uma pessoa enxerga a própria vida, fundindo problemas físicos e psicológicos.

Se procurarmos na internet, vamos encontrar milhares de sites que nos fazem acreditar que podemos tratar a obesidade simplesmente através de dietas, muitas delas prometendo voltar ao peso ideal em dois meses ou menos.

Além disso, a indústria alimentícia também nos oferece todas as informações, concordando com os mentores de dietas, descrevendo em rótulos todos os ingredientes de cada embalagem, nos fazendo crer que a obesidade é simplesmente um problema matemático, que pode ser solucionado através da ingestão de quantidades específicas de cada tipo de nutriente.

No entanto, a obesidade é uma condição bem mais complexa do que simples contagem de calorias através dos nutrientes: trata-se de uma condição que envolve diretamente o lado psicológico, as emoções e as crenças de cada um.

Obesidade e fatores psicológicos

A base etiológica dos transtornos alimentares e da obesidade geralmente reside em alguma combinação de atributos psicossociais, ambientais, genéticos ou biológicos. Os indivíduos que sofrem de distúrbios psicológicos (por exemplo, depressão, ansiedade e distúrbios alimentares) podem ter mais dificuldade em controlar o consumo de alimentos, exercitar uma quantidade adequada e manter um peso saudável.

O alimento é usado frequentemente como um mecanismo de enfrentamento por aqueles com problemas de peso, particularmente quando estão tristes, ansiosos, estressados, solitários e frustrados.

Em muitos indivíduos obesos, parece haver um ciclo perpétuo de perturbação do humor, excesso e aumento de peso. Quando eles se sentem angustiados, eles contam com a comida para ajuda-los a lidar com certa situação e, embora esse conforto de comer possa resultar em atenuação temporária de seu humor angustiado, o aumento de peso que pode resultar em um humor disfórico devido à incapacidade de controlar seu estresse. A culpa resultante pode reativar o ciclo, levando a um padrão contínuo de uso de alimentos para lidar com as emoções.

Este padrão é particularmente aplicável se houver uma predisposição genética para a obesidade ou um ambiente "tóxico" em que alimentos caloricamente densos estejam prontamente disponíveis e a atividade física seja limitada.

Como os grupos de apoio podem ajudar com o controle de peso

Os grupos de apoio são formados para ajudar pessoas que querem perder peso, ajudando-se mutuamente, trabalhando com as dores pessoais e criando um bom ambiente, onde todos possam se sentir à vontade para emagrecer.

solidao-vs-obesidade

A medicina e a psicologia reconhecem que a obesidade não é apenas um efeito dos maus hábitos alimentares, mas também causada por uma série de outras condições, além de doenças pré-existentes, como diabetes, problemas cardíacos, depressão, ansiedade e distúrbios psicológicos os mais diversos.

Uma pessoa obesa pode consultar um psicólogo sobre o controle do peso e, durante sua vista, poderá discutir todos os fatores que a levam a comer demais, envolvendo sua própria vida e histórico médico, além das preocupações com as quais é obrigada a conviver, falando sobre seus esforços anteriores para emagrecer, a situação atual de sua vida e suas fontes de apoio social, como familiares e amigos.

Um psicólogo poderá analisar suas atitudes e seus hábitos, suas ideias sobre comida, sua vontade de emagrecer e como se enxerga enquanto obeso, procurando padrões ou áreas de preocupação que podem contradizer com os objetivos de vontade de perder peso.

Contudo, o psicólogo pode apenas tomar notas e orientar o obeso sobre as práticas necessárias para que possa emagrecer, indicando estratégias que poderão fazer com que coma menos e que levem a pessoa obesa para o peso ideal.

Mas a psicologia não vai além disso. O grupo de apoio, por seu lado, é uma maneira de manter sempre presente um psicológico, ajudando a reduzir a quantidade de comida e oferecendo o apoio necessário sempre que preciso.

Grupo de apoio é adequado para o meu caso?

O grupo de apoio para tratamento de obesidade pode ser considerado adequado para todos os casos de obesidade. Quando uma pessoa obesa precisa emagrecer, ela tem necessidade de contato com outras que apresentem o mesmo problema e que têm dúvidas e recaídas, e tudo isso precisa ser compartilhado.

Quando uma pessoa sabe que não está enfrentando sozinha um determinado problema e percebe que outras também passam pelas mesmas situações, tudo se torna mais fácil.

Os grupos de apoio fazem com que a pessoa obesa adote novos comportamentos, buscando meios de manter-se em equilíbrio com sua alimentação, procurando novos hábitos, mais saudáveis para vida e mudando seus sentimentos, valores e crenças.

Ao considerar grupo de apoio

Para considerar participar de um grupo de apoio, a pessoa obesa deve entender que não está sozinha com sua dor. A única forma de emagrecer de maneira saudável é fazendo diversas alterações na alimentação e praticando atividades físicas.

Essas pequenas mudanças – que são mais difíceis do que aparentam à primeira vista – podem ser feitas de forma muito mais eficiente quando a pessoa obesa discute o assunto com pessoas que têm o mesmo problema.

É evidente que apenas participar do grupo de apoio não resolve: a pessoa obesa precisa de ajuda médica, precisa ter aconselhamento psicológico e precisa ter suporte para encarar o processo de emagrecimento.

Contudo, com a integração a um grupo de apoio, todos os novos conhecimentos podem ser partilhados e a experiência compartilhada leva a bons resultados.

Fatores positivos sobre o grupo de apoio

A participação num grupo de apoio pode interferir positivamente na pessoa que precisa emagrecer, evitando problemas os mais diversos, como ansiedade, depressão, estresse ou outras condições mentais que, quando suportadas na solidão, se tornam mais graves e problemáticas.

No grupo de apoio a pessoa obesa pode encontrar novas estratégias para o tratamento de seus problemas psicológicos, que interferem diretamente na obesidade e na sua condição de impossibilidade de emagrecer, permitindo que ela possa melhor se administrar, entendendo que está passando por um processo que também é enfrentado por outras pessoas e que, com companhia, tudo se torna mais fácil.

Para tratamento da obesidade, é um fato que a participação em grupos de apoio pode trazer resultados mais efeitos em longo prazo do que o tratamento com medicamentos para doenças psicológicas.

Fatores negativos sobre o grupo de apoio

O grupo de apoio só vai apresentar fatores negativos para uma pessoa que não está pronta em partilhar seus problemas. Neste caso, o apoio de um psicólogo profissional é importante para ajudar o individuo nesse processo de aceitação.

Preparando-se para um grupo de apoio

Para participar de um grupo de apoio, a pessoa obesa precisa entender o que está acontecendo emocionalmente com ela própria, identificando seus sentimentos, seus aborrecimentos e suas tristezas.

Sabendo encarar suas próprias deficiências, ela poderá se preparar adequadamente para um grupo de apoio, tendo convicção de que não é só ela quem apresenta esse tipo de emoções, mas que todos também participam desse mundo obscuro, que deve ser desvendado para encontrar uma solução efetiva.

Objetivos do grupo de apoio

Os principais objetivos do grupo de apoio são as mudanças de hábitos alimentares, a busca de atividades, o próprio apoio aos seus membros, melhorando suas formas de encararem a situação, seus pensamentos e sentimentos.

Ao mesmo tempo, a troca de ideias permite que cada um possa encontrar a melhor solução para sua busca de emagrecimento, estabelecendo metas e objetivos e monitorando seu próprio progresso dentro de um plano mais abrangente.

eficacia-da-terapia-grupal

O que acontece no grupo de apoio

O grupo de apoio pode promover as mais diversas atividades, desde os depoimentos dos participantes sobre sua própria condição, os objetivos atingidos e os métodos utilizados para isso, palestras com médicos e nutricionistas que possam orientar sobre as condições necessárias de uma dieta equilibrada e saudável para perda de peso, além de conversas entre os membros.

O grupo de apoio deve ser encarado como um grupo de amigos, de pessoas que precisam umas das outras e que podem oferecer aquilo que o outro está precisando, ao mesmo tempo que tem atendimento de suas próprias necessidades.

Quais são as alternativas para grupo de apoio?

Existem inúmeras alternativas para os grupos de apoio, embora nenhuma delas possa oferecer o que um conjunto de pessoas com o mesmo objetivo pode dar.

A pessoa obesa pode, ao mesmo tempo em que está fazendo uma dieta conduzida por um nutricionista, fazer terapia com um profissional, consultas com nutricionista e visitar grupos de apoios. Um método não o impede de participar do outro e muitas vezes médicos e psicólogos vão recomendar mais de uma ação quando se trata a obesidade.

peso-gerenciamento

Farmacoterapia e medicação com perda de peso

O tratamento e medicação para perda de peso é indicado quando o Índice de Massa Corporal é superior a 27, quando a proporção entre o peso em quilos de uma pessoa e o quadrado de sua altura em metros é superior a 27.

Quando o IMC é superior a 27 e a obesidade está associada a fatores de risco, pode ser necessário usar medicamentos para ajudar no processo de emagrecimento.

Em algumas situações, uma dieta restritiva e regrada pode não ser o suficiente para emagrecer, principalmente quando a força de vontade da pessoa não permite sua adesão completa a alterações significativas em sua vida.

As principais medidas para emagrecer são a dieta equilibrada e uma rotina de atividades físicas. Quando essas medidas não são suficientes, é bem possível a necessidade de medicamentos para ajudar no processo, principalmente quando sua saúde está em risco.

Fontes:

O que há nesta página?
Aprenda mais sobre perda de peso
Seleccione
Medicamento
Preencha o formulário
O médico emite a sua prescrição
Entrega expressa grátis