• Serviço privado e confidencialEmbalagem discreta e pagamento confidencial.
  • Medicamentos Originais da nossa farmácia sediada no Reino Unido
  • Serviço incluído no preço e parcelamento Consulta, prescrição e entrega no país todo
  • Entrega expresso para qualquer local de residência.

Muse: Sistema de medicação da uretra para ereções

A impotência, ou disfunção erétil, como é conhecida, é um problema que chega a afetar cerca de 30% da população masculina adulta, sendo, portanto, mais comum do que se possa imaginar, embora boa parte dos homens não procure tratamento.

Em algum momento na vida, é bastante provável que o homem apresente o problema, seja de forma esporádica ou eventual, ou de maneira recorrente, o que vai exigir um tratamento especializado.

Embora seja um problema que atinja com maior frequência homens com idade mais avançada, a impotência também pode aparecer em pessoas mais jovens, decorrentes de diversas causas, como pressão arterial alterada, estresse ou ansiedade, além da natural e frequente insegurança que acomete boa parte dos homens.

Muse: um tratamento para disfunção erétil

Entre os tratamentos disponibilizados para tratar a disfunção erétil, o comprimido uretral comercializado sob o nome de Muse tem oferecido resultados bastante positivos. O comprimido deve ser inserido diretamente na uretra, pelo pênis, onde a substância ativa é liberada e através da qual o homem consegue novamente ter ereções para uma relação sexual satisfatória.

Muse é a abreviatura em inglês para "medicated urethral system for erections", ou "sistema de medicação da uretra para ereções", numa tradução livre. O método consiste de pequenos comprimidos que devem ser empurrados para dentro da abertura do pênis, a uretra, que é feito através de um aplicador, pressionando um botão no exterior do dispositivo.

Muse: Sistema de medicação da uretra para ereções

Dentro da uretra, o medicamento é liberado e absorvido pelo organismo e, em poucos minutos, o homem consegue uma ereção que pode durar até uma hora.

O ingrediente ativo do Muse é o alprodastil, que atua como vasodilatador e anticoagulante, agindo normalmente no prazo de 10 minutos e conseguindo manter no homem a ereção pelo tempo necessário para que consiga uma boa relação sexual.

Muse: como o medicamento age no organismo?

Como se pode ver, portanto, o Muse é um agente para tratamento de disfunção erétil diferente de outros medicamentos. Ao contrário de comprimidos orais, o medicamento deve ser introduzido diretamente na uretra, através de um aplicador especial.

O comprimido dissolve-se completamente dentro da uretra, liberando o princípio ativo, sendo, dessa forma, considerado como uma variante da terapia de injeção nos corpos cavernosos do pênis.

O princípio ativo alprodastil presente no Muse é um medicamento da classe prostaglandina, atuando no organismo como vasodilatador e como anticoagulante. Com sua aplicação, o fluxo sanguíneo é melhorado em todo o pênis, levando-o à ereção de forma rápida.

Ingrediente activo Alprostadil

A maior vantagem apresentada pelo Muse é que seu princípio ativo provoca a ereção mesmo que os nervos responsáveis pelo processo estejam danificados ou prejudicados por alguma causa provocada por enfermidade ou trauma.

Como o Muse é administrado pelo paciente?

O medicamento consiste num aplicador de plástico fino e tubular, com uma haste que deve ser encaixada na extremidade da peça onde está o ingrediente ativo. O aplicador é colocado em poucos centímetros na uretra e, em seguida, prensado, injetando o medicamento no interior do canal.

Em seguida, o aplicador é retirado e o princípio ativo começa a agir, promovendo a vasodilatação por todos os vasos sanguíneos do pênis e possibilitando maior circulação, o que vai provocar a ereção.

Como usar o Muse

A ereção ocorre dentro de um tempo máximo de 10 minutos, podendo durar entre 30 a 60 minutos.

Como se trata de um processo mais complicado do que simplesmente ingerir um comprimido, o paciente, ao receber a prescrição para compra do medicamento, deve ser bem orientado com relação ao procedimento.

Existem outros medicamentos mais fáceis de usar do que o Muse?

A princípio, o uso do Muse pode parecer complicado e até mesmo dolorido para todos os pacientes. Contudo, o uso do Muse não requer qualquer tipo de injeção no pênis, podendo ser administrado uma vez por dia.

O medo de ferir a uretra durante a inserção do medicamento ou de provocar dores impede alguns homens de utilizar esse método de tratamento, no entanto desde que o paciente receba todas as informações para seu uso o mesmo não apresenta qualquer risco. A inserção do equipamento é feita em apenas poucos centímetros, o suficiente para que o comprimido possa ser inserido, sem causar qualquer tipo de desconforto.

O uso do Muse é indicado para pacientes específicos, para os quais outros medicamentos contra ereção, como os inibidores da PDE-5, não tenham surtido efeito, o grupo de pessoas que recebem indicação no MUSE incluem: pessoas portadoras de diabetes mellitus ou que tenham tido algum tipo de lesão do nervo genital, seja por cirurgia ou por traumas. Nesses pacientes, de uma forma geral, medicamentos como Viagra, Levitra ou Cialis podem não oferecer os efeitos desejados, além do que, em determinados casos, o paciente não pode fazer uso dos componentes ativos.

Havendo qualquer contraindicação com relação a outros medicamentos, o Muse se apresenta como alternativa para que o paciente tenha uma vida sexual normal.

O Muse também é indicado para pacientes que são propensos a efeitos colaterais mais graves de outros medicamentos para tratamento de disfunção erétil. Por se tratar de um fármaco com efeito localizado, o Muse não interfere nos processos orgânicos, fornecendo a ereção necessária sem causar efeitos secundários.

Contraindicações do Muse

O Muse não pode ser indicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade conhecida ao seu princípio ativo, alprostadil, além de pacientes com anatomia peniana anormal, como estreitamento da uretra, hipospadia (curvatura grave do pênis), balanite, uretrites crônica ou aguda.

Também não deve ser indicado para pacientes que apresentem condições que predisponham ao priapismo, como anemia falciforme, trombocitemia, policitemia, mielona múltiplo, leucemia ou predisposição à trombose venosa.

O Muse não deve ser usado em relações homossexuais masculinas ou em qualquer relação que não a vaginal, devendo ser evitado em relações sexuais com mulheres grávidas sem uso de preservativo e não pode ser aplicado em mulheres ou menores.

Efeitos secundários do Muse

Cada pessoa pode ter uma reação diferente a diferentes tipos de medicamentos. O Muse, em estudos clínicos e laboratoriais, apresentou alguns efeitos colaterais, embora nem todo o paciente esteja sujeito a eles. Esses efeitos colaterais incluem:

  • Sensação de queimadura na uretra;
  • Dor no pênis;
  • Ausência de libido;
  • Baixa pressão arterial;
  • Ardour nos testículos;
  • Tonturas.

O Muse pode ser comprado online?

O Muse é um dos medicamentos que pode ser comprado em farmácias físicas ou online. O paciente deve, antes, realizar uma consulta online, que será entregue a um médico especializado que poderá prescrever ou não a receita para o tratamento intra-uretral.

O processo é totalmente confidencial, substituindo a consulta presencial, podendo o paciente receber o medicamento em sua própria casa assim que o médico liberar a prescrição.

Fontes:

Seleccione
Medicamento
Preencha o formulário
O médico emite a sua prescrição
Entrega em 7-10 dias